Doença gengival e obesidade – Existe correlação!!

Problemas relacionados com a obesidade começaram a atingir proporções epidêmicas nos últimos 20 anos.  Quase metade da população brasileira tem sobrepeso. Aqui no consultório, entendo que não é nenhum segredo que a obesidade está associada a uma variedade de problemas médicos, incluindo diabetes, doenças cardíacas e artrite, mas você sabia que a obesidade pode afetar drasticamente a sua saúde oral também?

É verdade. Com o crescente número  de adultos com excesso de peso, anualmente, muitos estudos estão sendo conduzidos para investigar as relações entre obesidade e doença periodontal. Os resultados podem surpreendê-lo.

Como você já deve saber, a doença periodontal é uma infecção bacteriana crônica que afeta o tecido da gengiva e pode, eventualmente, afetar os ossos que seguram os dentes no lugar. Se você  é vítima da doença das gengivas ou gengivite você pode estar lidando com sangramento gengival, inflamação, mau hálito persistente, dentes com mobilidade e até mesmo, mudanças em sua mordida. Procure ajuda  porque doença periodontal não tratada pode levar a problemas muito mais graves, que vão desde a perda do dente permanente à doença cardíaca.

Em um recente estudo da Universidade de Boston, os resultados mostraram que os indivíduos com excesso de peso apresentam duas vezes mais probabilidade de serem diagnosticados com a doença das dengivas, e aqueles que são considerados “obesos”  têm três vezes mais chances, tornando este um problema maior do que a maioria das pessoas percebe.

Então, qual é a ligação entre o excesso de peso e a doença das gengivas? A maioria das teorias sugerem que as células de gordura produzem sinais químicos e hormônios que podem aumentar a inflamação no corpo, diminuir a eficácia do seu sistema imunológico e aumentar a sua susceptibilidade à doença periodontal. Outras teorias apontam para os possíveis hábitos alimentares de pessoas acima do peso e as conexões para os açúcares que na boca são convertidos em placa bacteriana. Como a placa se acumula nos dentes e gengivas; periodontite, gengivite e cárie dentária são então, inevitáveis.

Não deixe que a doença gengival se torne um problema para você. Mantenha-se saudável. Mantenha seu peso sob controle. Mantenha a higiene dental meticulosa através de fio dental e escovação. Agende limpezas regulares e exames para controlar o acúmulo de placa bacteriana e para evitar problemas maiores. Se você tiver dúvidas, não hesite em perguntar!