“Mãe, meu dente está mole!!” Saiba o que fazer!!

Captura de Tela 2013-11-10 às 19.10.56

A ideia desse post veio de uma situação real vivida por mim, em meu papel de mãe, em uma noite no supermercado, quando meu filho mais velho falou: “Mãe, meu dente está mole!”. Nossa aquela notícia veio carregada de tanta emoção…era a sensação de ver meu filho crescendo, perdendo os dentes que caracterizam a primeira infância, era o medo do desconhecido revelado no olho dele…o abracei forte e falei: “que legal, filhote! Você vai ganhar uma janelinha!”. Como não lembrar das táticas que nossos pais ou avós usavam para nos tirar um dente, como uma linha amarrada na boca para auxiliar a queda? Esqueça! Em primeiro lugar, saiba que você nem sempre vai fazer isso. Normalmente, os dentes de leite caem tranquilamente. A mastigação de alimentos duros e fibrosos, como maçã e milho, favorece esse processo de esfoliação natural.

Se você está insegura para remover o primeiro dente de leite do seu filho, essa é a hora para levá-lo ao dentista. É importante que a criança comece a ter o contato com o dentista desde cedo, dessa forma ela vai criando confiança e estabelecendo uma relação de tranquilidade com a cadeira do dentista.

Se você está tranquila para tirar o dente do seu filho, é preciso ter certeza de que está mesmo na hora. Balance-o com ajuda de um chumaço de algodão ou um pedaço de gaze para frente e para trás e observe se já não tem uma pontinha do permanente aparecendo. Caso tente e perceba que está um pouco duro, espere alguns dias mais e fique de olho para ver se a gengiva não começa a inflamar. Isso pode acontecer porque a criança fica com receio de escovar o dente, e, então, forma uma placa bacteriana que infecciona o local. Fique atenta!!

O momento de tirar o dente não deve ser tenso, caso contrário pode se tornar um trauma para a criança. Peça ajuda do seu filho em cada detalhe: para cortar a gaze, pegar o pedacinho de algodão e coloque a mão dele junto com a sua. Depois que o dentinho saiu, nada de pedir para o seu filho fazer bochecho com água. O local desse ser pressionado com auxílio de algodão ou gaze para que se forme um coágulo natural e pare de sangrar. Um sorvetinho, no entanto, é bem-vindo após a retirada do dente para ajudar na coagulação.

Mais importante do que a idade certa para comecar a troca dos dentes, é a sequencia da troca. Para isso leve seu filho a um odontopediatra ou ortodontista que é quem vai saber lhe orientar para livrar seu filho de problemas futuros. É comum, nos dentes de baixo e anteriores, o permanente aparecer por trás do dente de leite, sem que esse fique mole. Nesse caso, procure o especialista, para que o dente seja retirado e não atrapalhe o desenvolvimento do definitivo.

Tem dúvida? Entre em contato!!!